Pastilhas para cozinha: saiba como escolher o modelo ideal

pastilhas

Muito aplicadas em áreas molhadas e úmidas, além de proteção, as pastilhas para cozinha trazem cor, modernidade e sofisticação para o ambiente. Além disso, outro diferencial encanta: a enorme variedade de materiais, formas e cores disponíveis no mercado. Ou seja, há um universo de muitas possibilidades de uso e aplicação.

Se você está na fase de acabamento de uma obra ou pensando em reformar a cozinha, aposto que já pensou em usar as pastilhas. Contudo, surge aquela dúvida: será que é uma boa ideia?

Pensando em te ajudar, elaboramos um post sobre o tema com alguns modelos de pastilhas e dicas de aplicação. Avance na leitura e descubra como as pastilhas para cozinha podem transformar o seu ambiente.

 

#1 Escolha as soluções

Embora esse revestimento seja bastante indicado para áreas molhadas, é importante ressaltar que ele é mais delicado do que os azulejos. Por isso, para preservá-lo é importante selecionar com cuidado todos os materiais que serão usados na aplicação.

Para a escolha das pastilhas, busque referências da marca especialmente quanto à resistência e durabilidade. Já para a fixação, é importante investir em uma argamassa específica para a colocação das pastilhas e assim ter um acabamento perfeito.

A Weber, fabricante dos produtos quartzolit, tem diversas opções de argamassas para áreas internas, externas e fachadas, que proporcionam o assentamento e o rejunte simultâneos. Escolha aquela que melhor se ajusta à sua necessidade. Muito mais praticidade na hora da aplicação!

#2 Modelos, cores e formas

A diversidade de modelos, cores e formas enchem os olhos de qualquer um e trazem muitas possibilidades para o projeto. Com criatividade, é possível escolher o revestimento perfeito, que traga personalidade para a paginação da cozinha.

Conheça alguns dos modelos disponíveis no mercado:

  • Tom sobre tom: as quadradinhas que combinam tons diferentes da mesma cor são as mais comuns, de menor custo e quebram a monotonia sem precisar misturar várias cores. Além disso, essas pastilhas para cozinha têm excelente custo-benefício.

 

Pastilhas tom sobre tom são as mais conhecidas no mercado

 

  • As retangulares: outra alternativa para as pastilhas quadradas, as opções horizontais também podem ser encontradas em vidro, porcelana, cerâmica e metais. Elas são sempre vendidas pré-aplicadas numa tela e tem aplicação superprática.

 

As pastilhas retangulares têm aplicação prática e oferecem um acabamento perfeito

 

  • Redondas e hexagonais: tendência nas cozinhas modernas, as pastilhas redondas e hexagonais são um novo universo a ser explorado. Como alternativa ao padrão quadrado, elas trazem irreverência e originalidade para o ambiente.

 

Mais inovadores, as pastilhas retangulares trazem irreverência e modernidade para o projeto

#3 Os diferenciais da pastilha para cozinha

 

Sempre que bem escolhida, a pastilha pode destacar os demais elementos do projeto da cozinha.

 

Mas agregar somente beleza e sofisticação ao ambiente não basta, não é mesmo?

A escolha do revestimento ideal precisa ser orientada por outros critérios, como resistência e custo-benefício do material. A seguir, veja as principais vantagens das pastilhas para cozinha:

  • Durabilidade: esse é um fator que destaca esse revestimento em relação aos demais. Elas conseguem manter o aspecto de novas por muito tempo, transmitem uma sensação de limpeza e são, de fato, mais duráveis.

  • Impermeabilização: as pastilhas são perfeitas para áreas molhadas porque têm poder impermeabilizante. Muito mais proteção para os ambientes!

  • Alta resistência: além de suportar o contato com a água, as pastilhas para cozinha também não sofrem danos ao entrar em contato com produtos químicos, como ácidos e alcalinos. Ou seja, têm altíssima resistência!

  • Aplicação simples: quer uma colocação fácil e limpa? Então, esse é o revestimento ideal. Além de todos os benefícios já citados, as pastilhas não geram uma grande quantidade de resíduos durante a construção ou reforma.

  • Manutenção prática: mas e manter essa beleza e resistência é simples também? Sim! A manutenção das pastilhas é muito mais fácil, se comparada com outros materiais. Isso porque elas não retêm sujeira. Outrossim, também não requerem o uso de produtos especializados para remover possível efeito encardido ou acúmulo de resíduos. 

  • Sofisticação: essa é a vantagem mais aparente, não é mesmo? É indiscutível que as pastilhas trazem muito mais beleza e qualidade para qualquer projeto.

#4 Dicas para instalação das pastilhas

Vale lembrar que o custo de uma instalação profissional é de, aproximadamente, 40% do valor do produto. Ainda assim, também é possível fazer a aplicação por conta própria no estilo DIY (do it yourself).

De todo modo, fundamental mesmo é escolher uma argamassa de qualidade, específica para o assentamento de pastilhas, pois elas são mais colantes e aderentes. Isso evita problemas de manutenção.

Elencamos, a seguir, algumas dicas para colocar em prática no momento da instalação. Veja só:

  • A base de aplicação deve estar resistente e curada, sem quaisquer tipos de sujeiras. Ela deve ser plana, sarrafeada e/ou desempenada e firme;
  • Capriche no assentamento da superfície, caso contrário o acabamento ficará desnivelado;
  • Se o ambiente tiver umidade constante, lembre-se de impermeabilizar a área antes da aplicação da argamassa;
  • No momento da aplicação, a temperatura da base deve estar entre 10°C e 30°C;
  • Para superfícies enceradas, o ideal é aplicar um removedor de cera e, na sequência, lavar com água abundante.

 

A atenção aos detalhes é fundamental na colocação das pastilhas

Escolher pastilhas para cozinha como o revestimento de destaque já é um ótimo começo para deixar seu ambiente cheio de estilo, bom gosto e praticidade. Mas para garantir o melhor resultado possível você deve investir em produtos específicos para essa aplicação.

Se você escolheu pastilhas e usou produtos da weber quartzolit, compartilhe com a gente o resultado. Nós vamos adorar!