Saiba como comprar material de construção

Weber - produtos quartzolit

Comprar materiais de construção para uma obra exige bastante paciência e cuidado,  para que a escolha não se limite apenas a selecionar produtos pelo preço. Imagine o desgaste de ter que refazer partes da sua reforma?

Para ajudá-lo, a seguir listamos as melhores dicas para comprar material de construção. Confira e planeje as compras!

#1 Faça a lista de materiais necessários

Se você fez um planejamento detalhado da obra, essa etapa pode se tornar bem mais simples. Isso porque um projeto bem desenhado traz um cronograma com o período previsto para execução de fundação, estrutura, alvenaria e acabamento.

Com base nele, você sabe exatamente para quando precisará fornecer cada tipo de material. Além disso, é importante aprender também como comprar material de construção para as diferentes etapas.

Confira os detalhes que você deve observar.

 

1. Areia: o mercado oferece areia grossa, fina e misturada. Portanto, saiba exatamente qual a finalidade do material para adquirir a opção correta.

2. Cimento: evite comprar com muita antecedência. Se mal armazenado ou estocado por muito tempo, o cimento tende a empedrar e pode acabar sendo descartado sem uso. Melhor evitar prejuízo, não é mesmo?

3. Tijolos e blocos: têm medidas específicas e você, consumidor, deve exigi-las. Como padrão, eles devem ter:

  • Altura: 19 centímetros;

  • Largura: 9 centímetros, 14 centímetros ou 19 centímetros;

  • Comprimento: 19 centímetros ou 39 centímetros.

 

4. Materiais hidráulicos: com o projeto hidráulico em mãos, consulte um profissional especializado para saber quais são os produtos mais indicados. Lembre-se: as conexões precisam ter a mesma espessura das tubulações para evitar problemas.

5. Dispositivos elétricos: na hora de comprar fusíveis, disjuntores, fios, cabos e interruptores, é necessário conferir se os materiais têm o nome do fabricante e a tensão indicada (110/220V). Vale ressaltar que os dispositivos devem ser de cobre ou liga de cobre e não podem conter material ferroso. Apenas as peças destinadas à fixação das partes condutoras, como parafusos, rebites, pinos e molas podem ser feitas desse material.

6. Pisos e azulejos: faça o cálculo da quantidade de peças necessárias para cada área. Normalmente, a embalagem apresenta a metragem, confira se é suficiente. Outro detalhe importante: confira o número do lote, que deve ser o mesmo em todas as caixas. Assim, você evita variações de cor e/ou tamanho.

7. Tintas: para cada área do projeto existe o tipo de tinta ideal. Por isso, essa escolha depende da necessidade e do efeito estético desejado. A função é proteger a fachada da casa? (Link whitepaper cor de fachada, se estiver publicado) Ou é criar um ambiente aconchegante no quarto e mantê-lo protegido da umidade? Não importa. Você irá encontrar a tinta ideal. É importante lembrar também do processo de impermeabilização da área externa.

#2 Visite lojas e pesquise os melhores produtos

Agora que você já sabe o que precisa comprar para cada fase da obra, é hora de fazer uma pesquisa em lojas de material de construção. Se preferir, você pode visitar as lojas físicas, conversar com os vendedores especialistas e ainda conferir os materiais expostos no showroom das lojas.  

Mas, se quiser mais comodidade, uma boa alternativa é explorar as lojas virtuais, que também oferecem ótimos produtos com preços competitivos. Se optar pela compra online, verifique o valor e o prazo do frete. Afinal, é importante que o material chegue dentro prazo para garantir o andamento da obra.

#3 Acompanhe a entrega do material de construção

Por fim, é hora de receber os produtos no canteiro de obras. O indicado é que você esteja presente no momento da entrega para conferir se está tudo certo. Verifique material, quantidade e valores.

Caso você não possa acompanhar a entrega, peça para uma pessoa de confiança fazer o recebimento e checar todos estes pontos mencionados.

Como você viu, para aprender como comprar material de construção é preciso considerar uma série de outros fatores, além do preço. Ao priorizar a qualidade dos produtos e o planejamento da obra, você economiza no longo prazo e garante o andamento do projeto com mais tranquilidade, dentro dos prazos estabelecidos.

Quer mais dicas? Inscreva-se no blog da Weber quartzolit! Assim, você irá receber sempre em primeira mão os melhores conteúdos sobre construção civil.